A campanha Dezembro Laranja

Dezembro Laranja chegou e, com ele, o alerta para a prevenção do câncer de pele.

A cor Laranja remete ao sol e ao tom dos corpos bronzeados,

A campanha Dezembro Laranja, foi criada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia com o objetivo de prevenir o câncer de pele, que é o tumor de maior incidência no Brasil e seus sintomas raramente causam desconforto até que as lesões estejam muito grandes.

O câncer da pele responde por 33% de todos os diagnósticos desta doença no Brasil, sendo que o Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano, cerca de 185 mil novos casos.

Tipos de Câncer de Pele

O câncer de pele do tipo melanoma é forma mais grave do tumor, é mais raro e pode levar à morte. Já o tipo não melanoma é o tumor maligno com baixa taxa de mortalidade, porém é mais frequente em ambos os sexos, é menos grave, mas pode causar deformações no corpo. Ambos têm cura se descobertos logo no início.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) as estimativa de novos casos de câncer de pele do tipo melanoma no Brasil para o ano de 2020 foram: 8.450, sendo 4.200 em homens e 4.250 em mulheres.

Para o tipo não melanoma, segundo o INCA as estimativa de novos casos no Brasil para o ano de 2020 foram de 176.930, sendo 83.770 em homens e 93.160 em mulheres.

O que aumenta o risco do câncer de pele?

Histórico familiar ou pessoal da doença, exposição prolongada e repetida ao sol (raios ultravioletas – UV), principalmente na infância e adolescência, exposição a câmeras de bronzeamento artificial, indivíduos com pele e olhos claros, com cabelos ruivos ou loiros ou albinos aumentam o risco de desenvolvimento do câncer de pele.

Veja alguns dos tipos de câncer divulgados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia:⁣

🟠 Carcinoma basocelular – “é o câncer de pele mais frequente na população, correspondendo a cerca de 70% dos casos. Manifesta-se por lesões elevadas peroladas, brilhantes ou escurecidas que crescem lentamente e sangram com facilidade.”⁣

🟠 Carcinoma espinocelular – “é o segundo tipo de câncer de pele de maior incidência no ser humano. Ele equivale a mais ou menos 20% dos casos da doença. É caracterizado por lesões verrucosas ou feridas que não cicatrizam depois de seis semanas. Geralmente causam dor e possuem sangramentos.”⁣

🟠 Câncer de pele melanoma – “apesar de corresponder apenas cerca de 10% dos casos, é o mais grave pois pode provocar metástase rapidamente – espalhamento do tumor para outros órgãos do corpo humano – e levar à morte. É conhecido pintas ou manchas escuras que crescem e mudam de cor e formato rápido. As lesões também podem vir acompanhadas de sangramento.”⁣

Se perceber manchas na pele ou o aparecimento de pintas, procure um dermatologista.

São orientações para a prevenção do câncer de pele:

🔶 Realizar frequentemente o autoexame da pele – inspeção completa e cuidadosa da pele de todo o corpo, do couro cabeludo à sola dos pés, com a ajuda de espelhos e de um familiar.

Dar especial atenção a cor, tamanho, relevo e formato das pintas e lesões na pele. Se detectar lesão nova e suspeita ou alteração numa anterior, agendar uma consulta médica.

🔶 Exame completo da pele, se possível realizado anualmente, por um médico dermatologista.

🔶 Evitar a exposição ao Sol sem a adequada proteção, especialmente no período de maior risco, entre 10h e 16h.

🔶 Usar filtro solar, diariamente e reaplicar durante o dia, independente da presença de sol ou da exposição a ele.

🔶 Além do protetor, o uso de chapéus, bonés, sombrinhas nas caminhadas e atividades ao ar livre também é recomendado, deixando o corpo ainda mais protegido.

🔶 Para os idosos, a exposição desprotegida ao sol pode trazer mais riscos do que para os jovens. O corpo do idoso possui menos água, e pode acarretar em hipertermia (aumento da temperatura do corpo). Além disso, a quantidade de glândulas sudoríparas (responsáveis pela transpiração) é menor, o que dificulta a transpiração.

Não se esqueçam, a prevenção é sempre o melhor caminho!

 

Fonte: INCA e SBD

Comment (1)

  1. JOSE ALBERTO CARVALHO DOS SANTOS CLARO
    08/12/2020

    Parabéns pelo material. Muito bom!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha *