post-saude-mental-covid19

Que momento é esse!

Estamos vivendo um momento único em nossas vidas, que é a pandemia do COVID 19.

Pense bem! Uma pandemia ocorre de 100 em 100 anos. Quanta coisa acontece e muda nesse tempo? Dá para imaginar como há 100 anos atrás foi passar por um “isolamento social”? Como eles faziam naquela época para passar o tempo? Como lidavam com a situação? Foi melhor ou pior?

Tantas perguntas que não sei se teremos respostas, mas podemos avaliar o momento atual.

Mudanças à vista

A propagação desse vírus acabou afetando inúmeros setores de nossas vidas – principalmente os setores econômicos, político, saúde física e mental.

O vírus é uma novidade! Não sabemos como ele pode evoluir. O que sabemos é que temos alguns efeitos colaterais apresentados pelas pessoas como: o medo, a preocupação excessiva e a ansiedade. São sintomas naturais em resposta a esse momento. Sentimentos de insegurança e desamparo na população.

E como podemos minimizar esses efeitos?

Vamos pensar em algumas soluções possíveis e viáveis. Atitudes simples que implementadas em nossa rotina, podem minimizar os efeitos sentidos pelo momento.

Mantenha uma rotina diária

A melhor forma de lidar com essa situação é manter uma rotina. Parece besteira mas é essencial mandarmos o comando ao cérebro que temos um dia a dia para viver.

Pense em QUALIDADE da informação e não QUANTIDADE.

Obtenha informações de fontes confiáveis. Não fique o dia inteiro procurando informações em todos os lugares. Procure buscar e checar esses dados no máximo de duas a três vezes ao dia, pois o excesso de informação pode acabar causando o efeito rebote, ou seja, sua mente vai acabar apresentando os sintomas com mais intensidade.

Redes Sociais e seu papel

Use as redes sociais como sua aliada e não como canal para descarregar frustrações, revolta ou mesmo tentar mostrar que tudo está lindo e maravilhoso. Use como um canal para “se aproximar” daquilo que o isolamento social afastou.

Faça ligações, vídeo chamadas e mande mensagens para os parentes e amigos com frequência. Em momentos como esse, é muito importante manter o vínculo com as pessoas que amamos e saber que estão bem e seguros, nos tranquiliza.

Home-office como aliado.

Que bom que podemos usar o home-office como alternativa laboral. Para quem está trabalhando nesse formato, estabeleça uma rotina de trabalho e horários de descanso. Lembre-se de manter a rotina de antes da epidemia. Mantenha uma boa alimentação, beba água, se exercite e cuide do seu sono.

Tenha momentos de lazer

Continue mantendo os momentos de lazer, mesmo estando dentro de casa. Antes da pandemia, vivíamos querendo “um tempo” para fazer certas coisas. A hora é agora! Esses momentos garantem que você mantenha a sua mente relaxada. Aproveite esse tempo para ver um filme, assistir uma série, organizar fotos antigas, armários, separar roupas e objetos para doação. Atividades desse tipo garantem que a sua mente desfoque um pouco da tensão provocada por esse ambiente de incertezas e torna seus dias mais leves.

Pratique Yoga e Meditação

A prática de yoga e meditação são grandes aliadas, porque auxiliam no controle da respiração, acalmam os pensamentos a ajudam a liberar o estresse causado pelo isolamento social. Não sabem como fazer? Vivemos a era dos aplicativos, lives, vídeos e por ai vai. Todas essas alternativas podem lhe auxiliar na prática dessas suas atividades.

Mantenha-se otimista e ressignifique esse momento

De tudo o que falamos até o momento, acredito ser esse o nosso maior desafio. Se reinventar! Lembre-se que é o momento que depende de você. Como você encara esse momento? Qual o lado bom? Como posso aproveitar essa situação e rever conceitos e comportamentos.

Outros assuntos que não dependem de você, confie nas autoridades e nos especialistas. Há muita gente trabalhando para que possamos sair dessa situação o mais rápido possível. Portanto, continue seguindo com as orientações sobre higienização e distanciamento social.

Conclusão:

Caso não consiga inserir todas essas dicas na sua rotina de uma vez, não há problema. Vá com calma e não se cobre tanto. Entendo que temos que aproveitar os acontecimentos de nossas vidas para tirar lições e aprender com eles. Se não conseguirmos isso, apenas passamos os momentos. Mas se algo mudar, ai sim valeu a pena.

Esse é um momento muito importante e decisivo para que possamos reavaliar os nossos pensamentos, sentimentos e dedicar o olhar para dentro de nós mesmos. O autocuidado é essencial para garantir a sua saúde mental.

Fonte: HCord

Veja também o vídeo.

E ai? Gostaram das dicas? Conte pra gente!

Ana Isabel dos Santos Martins
Estagiária de Psicologia na Perfil Gestão Ocupacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha *