Covid-19 e as empresas. E agora?

O novo coronavírus, o Covid-19 tem mudado a rotina de de todos nós. A pandemia afetou diretamente os locais e a forma de trabalho. Para minimizar os efeitos, as empresas podem adotar algumas medidas que podem ajudar a passar por esse momento para preservar a saúde de todos e otimizar recursos.

Abaixo uma lista com algumas sugestões de medidas à serem tomadas:

  • Home office;
  • Férias coletivas;
  • Suspensão de eventos e reuniões presenciais;
  • Cancelamento de viagens e;
  • Quarentena doméstica.

Legislação – MP 927 de 22/03/2020

Uma legislação específica precisou ser criada e ela deverá vigorar enquanto durar a situação de emergência do surto. Veja a MP 927 de 22/03/2020 na íntegra aqui .

Desenvolvemos um material em ebook para falar sobre essa legislação e dar dicas de boas práticas para sua empresa para o caso da pandemia do novo coronavírus (covid-19).  Esse e-book traz ideias e um checklist de ações para que sua empresa se prepare para a pandemia. A seção sobre a doença é baseada em informações oficiais extraídas do site da Organização Panamericana de Saúde (OPAS) e da Organização Mundial da Saúde (OMS). Saiba como se preparar e baixe agora!

Independente do baixar o e-book, o texto abaixo vai fazer um resumo do que estamos falando no ebook. Continue sua leitura:

Entendendo o que está acontecendo

No dia 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou o novo coronavírus como uma pandemia: reconhecendo que a doença está sendo transmitida em escala mundial. É importante que sua empresa, se prepare e comece a planejar ações de prevenção e caso a situação se agrave tenha planos para o seu negócio continuar funcionando em meio à crise.

A seguir vamos falar um pouco sobre o coronavírus (covid-19) e apresentar ideias de ações para sua empresa, que inclusive, algumas adotamos na nossa também.

O que é o coronavírus (COVID-19)

O coronavírus é a nomenclatura popular dada à família de vírus Coronaviridae, pois possuem a aparência de coroa e o nome vem daí.. A primeira mutação que causou morte nos seres humanos apareceu em 2002, naquele ano a Síndrome Respiratória Aguda Grave ou S.A.R.S-CoV, ocasionou cerca de 770 mortes na China. O surto que estamos vivendo no momento é causado por um novo agente dessa família, o 2019-nCov, e com ele somamos sete vírus da família Coronaviridae que podem infectar seres humanos.

O sétimo tipo de coronavírus foi descoberto após surgirem diversos casos de pneumonia na região de Wuhan, na China. Com tantos casos os médicos precisaram descobrir qual era o agente causador da doença e, em em 31 de dezembro de 2019, o mundo recebeu o primeiro alerta sobre o novo coronavírus.

Principais sintomas

  • Febre alta;
  • Tosse;
  • Dificuldade para respirar e falta de ar.

Algumas pessoas também podem apresentar como sintoma a congestão nasal, tosse, coriza e diarreia.

Mas é preciso ter cuidado e atenção, pois ainda existem casos assintomáticos, quando a pessoa não apresenta nenhum dos sintomas da doença.

É possível diferenciar o novo coronavírus da gripe comum?

Os principais sintomas causados pela contaminação com o novo coronavírus são: febre, tosse e dificuldade de respirar, em alguns casos, coriza e dor de garganta. Por esse motivo, torna-se quase impossível diferenciá-lo de uma gripe ou um resfriado.

A única forma de conseguir distinguir os sintomas é por meio de uma avaliação médica. Nela é realizada uma análise para definir qual é o agente infeccioso pela sua carga genética, a partir de amostras como a de catarro.

Como se transmite

Desde que o novo coronavírus surgiu, muitas pessoas ficaram em dúvida sobre o que pode ou não causar a transmissão do vírus. O contágio mais comuns podem ser:

  • Gotículas de saliva
  • Espirro
  • Tosse
  • Catarro de uma pessoa infectada.

Por isso a recomendação da OPAS é manter distância de pelo menos 1 metro de uma pessoa com sintomas de gripe.

A contaminação também pode ocorrer por meio de objetos e superfícies. Isso acontece da seguinte forma: uma pessoa que está infectada espirra em cima de um objeto, caso uma outra pessoa toque neste mesmo objeto e leve suas mãos à altura do rosto na boca, nariz ou olho a chance de contaminação é bem grande.

Como se proteger

Uma das maiores chance de contágio se dá de pessoas para pessoas, por isso, você mesmo pode adotar medidas individuais para se proteger, afinal, todos os dias tocamos em diversos objetos como: corrimão, barras de apoio no transporte público, maçanetas e muitas outras superfícies. Por isso, a recomendação oficial é:

  • Lavar as mãos com frequência com água e sabão por no mínimo 20 segundos;
  • Fazer o uso de álcool em gel 70%;
  • Ao tossir ou espirrar cobrir a boca com o antebraço e logo em seguida lavar as mãos;
  • Evite levar as mãos aos olhos, boca e nariz com muita frequência;
  • Limpe e desinfete com frequência os objetos que você e outras pessoas utilizam;
  • Evite compartilhar copos, talheres, toalhas e qualquer outro objeto que tenha chance de contaminação.

Máscaras

Recentemente, as máscaras ganharam papel de destaque na prevenção. Elas podem ajudar como uma barreira de proteção. Claro que os profissionais de saúde não podem abrir mão delas pois, eles mantêm contato com diversas pessoas e é uma prática do dia a dia de qualquer hospital.

E a minha empresa? o que deve fazer nesse momento?

Nosso e-book trata com mais detalhe essas questões.

Abordamos como a sua empresa pode se preparar.  Você encontrará algumas ideias baseadas em pesquisas e ações que estamos tomando na nossa própria empresa. Entendemos que a preparação da sua empresa podem ser baseadas em 5 tipos ações possíveis:

  • Ações no local de trabalho;
  • Ações para o trabalho remoto (home-office);
  • Ações para o banco de horas;
  • Ações para administrar atestados médicos;
  • Ações para organizar recessos ou férias coletivas.

Não perca tempo e baixe nosso Ebook, clique aqui!

Esperamos que o material seja útil e aguarde pois em breve teremos novidades. Tudo para melhor informar e ser útil em todos os momentos. Juntos somos mais fortes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha *